Pilotos confirmam presença nas 100 Milhas Piracicaba

Nomes de peso do automobilismo já confirmaram presença nas 100 Milhas Piracicaba, prova que será disputada neste final de semana, dias 1 e 2 de agosto, no autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo), no interior de São Paulo. Em sua 26ª edição, a corrida começa a tomar forma com as equipes se constituindo para a disputa. A Phoenix Competições, do experiente preparador Luis Piccolo, vem com quatro carros, dois Fords, um New Fiesta e um Ka, e dois Chevrolets, um Celta e um Corsa. Ao volante dos veículos estão confirmados oito pilotos, todos formando duplas, são eles Ricardo Pinto e Leandro Borsari; Lamartine Pinotti e Tiago Sala; João Morais e Luis Piccolo; Renato Rattes e Marcelo Camacho, esta última dupla (foto) já venceu a prova no ano de 2009. Em 2002, com o surgimento da categoria Turismo, esses carros fizeram a prova preliminar de 60 Milhas, tendo sido vencida por Renato Rattes, piloto de Diadema/SP. “É uma prova histórica e fui campeão na primeira edição, quando ainda era disputada na terra. Recebi o convite da equipe para voltar a participar neste ano e não pude recusar”, disse Rattes. Mas a equipe também tem outros competidores nesta edição das 100 Milhas que também já venceram a prova. O piloto de Sertãozinho/SP, Lamartine Pinotti venceu a prova em 2013 formando dupla com o mesmo Marcelo Camacho, que também venceu no ano anterior, desta vez fazendo dupla com o chefe da equipe, Luis Piccolo. Vencedor do ano passado, o capivariano Rodrigo Stefanini trocou de carro e de parceiro. Neste ano, o piloto que já venceu a prova por três vezes, sempre formando dupla com o cunhado, desta vez terá como parceiro Mauricio Quagliato, piloto do Amapá que vive radicado em Capivari. Para tentar vencer as 100 Milhas, a equipe Stefanini Racing Team (SRT) abriu mão do Citroën C3 e optou por um Celta/GM. “É um carro novo, mas que tem potencial para chegar ao final da prova. Fator primordial para quem pensa em vencer”, afirmou Rodrigo. Outro nome de peso na prova será - Alexandre Nunes, atual líder do campeonato ECPA de marcas e Pilotos, que competirá pela equipe Arias Motorsport. “Teremos um grid de pelo menos 20 carros bastante competitivos para uma corrida longa, que deverá ter mais de duas horas”, comemora a organizadora Danny Giannetti. Gaiolas Na categoria Tubular, estão confirmados os gaioleiros Odair Possa, vencedor da edição anterior, Celso Silveira Mello, Vinicius Henrique e o maior ganhador da prova Dito Giannetti, oito vezes campeão das 100 Milhas Piracicaba. As gaiolas são protótipos de tubos construídos sobre chassis monopostos e equipados com motores 1.6 a álcool. Procura-se um piloto Mesmo sem piloto para seu Gol, a equipe carioca MotorFast Racing vai tentar participar das 100 Milhas. “Não encontramos nenhum piloto no Rio de Janeiro que pudesse participar da prova, então chegaremos em Piracicaba na quinta-feira em busca de um competidor que esteja disposto a alugar o carro”, afirmou o chefe da equipe, Marcos Mastropietro. Serviço A realização das 100 Milhas Piracicaba é do ECPA, o patrocínio do Out Back e Bom Peixe e apoio da Prefeitura de Piracicaba. A supervisão da prova é da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP). O ECPA localiza-se na rodovia SP 135, Km 13,5, no distrito de Tupi, em Piracicaba/SP. O local possui lanchonete, restaurante, estacionamento, arquibancadas e sanitários. Mais informações pelos telefones (19) 3438.7901 e 3438.7174, e-mail ecpa@ecpa.com.br, ecpa.com.br e facebook.com/ecpabrasil. ____________ Engenho da Notícia Assessoria de Imprensa ECPA (19) 3302.0100 contato@engenhodanoticia.com.br Twitter: @Engenho_Noticia Facebook: Engenho da Notícia
Saiba Mais

Famílias formam equipe e participam das 100 Milhas Piracicaba

Nesse final de semana (1 e 2 de agosto) o Autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo), localizado no interior de São Paulo, recebe a 26ª edição das 100 Milhas de Piracicaba, prova de longa duração, com aproximadamente 2 horas e meia, ou 78 voltas no circuito de 2100 metros. Apesar da disputa, a prova é uma grande festa automobilística e algumas famílias participam pelo prazer de correr. Até o momento, quatro famílias comandadas por pai e filho, ou com a presença de irmãos já estão confirmadas. Dito e Felipe Giannetti, terão presença garantida a bordo da gaiola tubular em uma parceria que há anos não acontecia. Juntos, pai e filho já venceram a prova em duas oportunidades, em 1993 e 1995. “Após aquela vitória, nunca mais dividimos o mesmo carro. Vai ser muito emocionante voltar a ter meu filho comigo repartindo a pilotagem”, afirmou Dito. Competindo sozinho, Dito tem outras seis vitórias na prova e Felipe duas. Porém, nos últimos anos, Felipe participou da prova formando dupla com o cunhado, Rodrigo Stefanini, mas competindo entre os carros de turismo, quando conquistaram três títulos. “Será muito bom voltar a correr com meu pai. Espero que tenhamos esquecido o entrosamento”, brinco o filho. Depois de vários anos de ausência, Gustavo e Vicente Passarelli (foto) voltam a competir na tradicional prova após oito anos e já chegam como favoritos. Os irmãos de Itu participaram de uma etapa da Copa ECPA de Velocidade em junho para o reconhecimento da pista. “Viemos participar da prova na tentativa de criar o acerto ideal para o carro visando a disputa das 100Milhas Piracicaba”, informou Vicente. A falar em família, além da presença dos irmãos, a equipe Passarelli Team/Maya Motorsport é chefiada pelo pai dos pilotos. Roberto Passarelli acompanha os filhos desde que começam a competir juntos a bordo do Gol numeral 89, em 2001. “Vamos participar para tentar faturar a prova mais uma vez, afinal somos tetra campeões das 60 Milhas e o objetivo é conquistar o penta após quase dez anos longe de Piracicaba”, completou Gustavo, ao se lembrar das quatro conquistas consecutivas nos anos de 2003, 2004, 2005 e 2006. Juka Gandelim e Danilo Gandelim terão presença garantida a bordo de dois carros que o pai Juka vem preparando para a prova. Ele correrá sozinho, mas o filho Danilo irá formar dupla com o piloto Alexandre Pepe. “Com dois carros, podemos tentar criar alguma estratégia com a prova em andamento. Como é uma corrida longa, podemos inverter as prioridades no decorrer da disputa, dependendo de quem esteja na frente”, afirmou o chefe da equipe Juka Motors. Outra família que marcará presença no grid de largada são a dos irmãos Rogério e Rodolfo Luciano. Porém, esta não será a primeira vez que os manos de Santo André participam do evento. Em 2007, a dupla subiu ao pódio com a conquista do quinto lugar, quando a prova acontecia na terra e os carros de turismo corriam apenas 60 milhas. “Somo veteranos na terra, mas esta será a primeira vez em que correremos no ECPA, depois que o autódromo foi asfaltado. Em 2007, largamos na décima primeira posição e concluímos a prova em quinto lugar. Esperamos repetir o pódio e, desta vez, em uma posição ainda melhor”, afirmou Rodolfo um dos integrantes da equipe 2000 Competições. Serviço A realização das 100 Milhas Piracicaba é do ECPA, o patrocínio do Out Back e Bom Peixe e apoio da Prefeitura de Piracicaba. A supervisão da prova é da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP). O ECPA localiza-se na rodovia SP 135, Km 13,5, no distrito de Tupi, em Piracicaba/SP. O local possui lanchonete, restaurante, estacionamento, arquibancadas e sanitários. Mais informações pelos telefones (19) 3438.7901 e 3438.7174, e-mail ecpa@ecpa.com.br, ecpa.com.br e facebook.com/ecpabrasil. ____________ Engenho da Notícia Assessoria de Imprensa ECPA (19) 3302.0100 contato@engenhodanoticia.com.br Twitter: @Engenho_Noticia Facebook: Engenho da Notícia
Saiba Mais

Autódromo | Próximos Eventos

Kartódromo | Próximos Eventos

  • Sem Próximos Eventos

Arrancada | Próximos Eventos